background

Primeiro de Janeiro

Warllem-pb

Abro a janela do primeiro dia de janeiro.
O que vejo?
Céu de infinito azul com sol estonteante.
Nuvens tímidas, misturadas aos fogos de artifícios,
rabiscam hieróglifos pelos céus.
Um gato dorme um sono metafísico na sombra da caixa d’água.
Pássaros saúdam o novo brincando a vida.
Abelhas agradecem a canjiquinha sonhando flores.
Tudo na mais perfeita sinfonia do caos.
O mundo é bem melhor compreendido às avessas.
Uma borboleta desrumada, branca, ruma à branca flor do quintal.
Cães tremem fogos…
O pó preto desvirginando as narinas.
Sirenes e carros embriagados aceleram
o ritmo cardíaco da luz.
Tomo meu primeiro café
e tudo se ajeita.

Foto: Cris Simoura